Em Barueri, ex-moradores de rua participam do projeto Renascer

Pin It
quinta-feira, agosto 16, 2018
Home > Barueri > Em Barueri, ex-moradores de rua participam do projeto Renascer

Em Barueri, ex-moradores de rua participam do projeto Renascer

“O fato de vocês estarem aqui hoje significa que muita gente quer mudar, quer renascer”. A frase foi dita por Sônia Furlan, presidente do Fundo Social de Solidariedade de Barueri que, junto com a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina, participou da cerimônia que deu o pontapé inicial para o projeto Renascer. Ele consiste em oferecer cursos e emprego a pessoas que já estiveram em situação de rua e hoje estão abrigadas na Cáritas – Casa São Francisco de Assis.

Inicialmente 17 pessoas cursarão durante 3 meses “auxiliar de veterinário e pet shop” e “jardinagem”. As aulas serão ministradas no CCPL do Engenho Novo e na Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente. Outros sete ex-moradores de rua, que já prestavam serviços no canil municipal, tornam-se agora bolsistas. Eles vão receber meio salário mínimo durante um ano e, segundo a lei que cria o Renascer, a bolsa pode ser prorrogada por mais um ano.

Além do Fundo Social de Solidariedade de Barueri e da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS), são também parceiros do projeto as secretarias de Recursos Naturais e Meio Ambiente e de Serviços Municipais.

Renascendo

No dia 29 de maio, os bolsistas assinaram seu contrato em encontro realizado na sede da SADS. Houve uma teleconferência com Campinas, cidade que mantém projeto semelhante desde 2014.

Adriana Bueno Molina saudou os participantes dizendo a todos que abracem a oportunidade, “pois a Secretaria está fazendo tudo com muito carinho, disponibilizando profissionais competentes para que tudo dê certo”.

O vereador Silvio Macedo também pediu a todos que aproveitassem a chance, pois trazia “nova esperança”. O presidente da Cáritas, Jairo José de Almeida, agradeceu a confiança do governo municipal em apoiar o projeto e a instituição.

Sônia Furlan contou que desde o início de governo, olhou com preocupação para as pessoas que estavam em situação de rua. Disse que um governo tinha várias formas de cuidar de uma cidade e que uma delas era olhar para as pessoas. “Vocês são as únicas pessoas capazes de mudar a si mesmos. Na verdade, nosso desejo é que cada um tivesse sua própria casa e família. Eu acredito muito em vocês”, disse a presidente do Fundo Social que também contou os cursos foram escolhidos com carinho. “Vocês vão trabalhar com o belo e com flores porque já viram muita coisa ruim. Tenho certeza de que darão ótimos exemplos para as outras pessoas”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *