Pin It
quinta-feira, setembro 20, 2018
Home > Santana de Parnaíba > Santana de Parnaíba está entre as 10 cidades menos violentas do Estado de São Paul

Santana de Parnaíba está entre as 10 cidades menos violentas do Estado de São Paul

Mais uma vez Santana de Parnaíba se destaca na área de segurança pública. De acordo com o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgaram, na última semana, um mapeamento das mortes violentas nos municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes. Este estudo faz parte do Atlas da Violência 2018, lançado no início do mês, aponta que a cidade subiu 15 posições no ranking em comparação ao ano passado, sendo o 13º município com a menor taxa de homicídios no país, o 9º no Estado e o 1º na Região Metropolitana.

A pesquisa considera leva em consideração dados referentes às mortes violentas resultante de agressões, intervenções legais e mortes violentas de causas indeterminadas, tendo como referência a região onde a vítima residia. Os dados também levam em conta as informações do Sistema de Informação sobre Mortalidade(SIM) do Ministério da Saúde.

Os resultados mostram que os métodos adotados pela Secretaria de Segurança Pública do município, que garantem uma ação mais efetiva da Guarda Municipal, que graças aos investimentos realizados na área, atualmente possui uma frota de 53 veículos, mais de 400 GMC´s, que atuam divididas entre as equipes do Canil, grupamento motorizado (patrulha com motos), grupo tático e nas três inspetorias operacionais, situadas nos bairros Parque Santana, Cidade São Pedro e Tamboré, além da Base Central, próxima ao viário da ponte, além da inspetoria especializada ambiental, guarda escolar e grupamento tático, que recebem treinamento constante, realizado pelo CEFAG – Centro de Formação e Aprimoramento da Guarda.

Recentemente, a prefeitura assinou convênio para implantação da Guardiã Maria da Penha, que contará com equipe especializada para atender as ocorrências de mulheres vítimas de violência doméstica. Com essas ações, a cidade consegue, há cinco anos, manter o status de cidade mais segura da região metropolitana.


Créditos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *