Pin It
segunda-feira, julho 16, 2018
Home > Itapevi > Prefeitura realiza 25ª Mostra de Teatro Itapevi

Prefeitura realiza 25ª Mostra de Teatro Itapevi

A Secretaria de Cultura e Juventude realiza, a partir de quinta-feira (12), a 25ª Mostra de Teatro de Itapevi, promovida pelos alunos da Escola Livre de Teatro e Circo. Os espetáculos acontecem de quinta a domingo, até 28 de julho, no prédio da secretaria (Av. Luiz Manfrinato, 194, Centro), sempre a partir das 19h30.
As apresentações são gratuitas e os interessados devem retirar o ingresso no local com uma hora de antecedência. O espetáculo A Mente Capta, de Mauro Rasi, abre a mostra. A adaptação de Alex Capelosa tem a direção de Lucas Emanuel e classificação de 12 anos.
As atividades consagram a preparação artística semestral dos 600 estudantes da escola, que irão apresentar na mostra o que aprenderam e estudaram ao longo das aulas.  No ano passado, o evento foi visto por 1.300 pessoas.
“A 25° Mostra de Teatro de Itapevi é a prova da dedicação de todos os nossos alunos durante todo o semestre. Além de ser uma avaliação prática de nossos alunos/artistas, ela contribui com a formação de público para as atividades culturais do município e promove uma ação com mais de 10 espetáculos de diferentes gêneros e estilos”, explicou Hélton Lima, diretora da Escola Livre de Teatro e Circo de Itapevi.
Escola
A Escola Livre de Teatro de Itapevi e Circo possui atualmente cerca de 600 alunos, a partir dos 4 anos de idade. Os cursos de Teatro e Circo-Teatro têm como objetivo principal o desenvolvimento e aprofundamento artístico, filosófico e cultural dos estudantes.
O curso de Teatro é dividido em quatro módulos de seis meses cada, nos quais os alunos aprendem sobre História do Teatro e Sensibilização Artística. Já o curso de Circo-Teatro tem o objetivo de impulsionar novas possibilidades expressivas, com aulas de acrobacias, malabares, portagens, clown, entre outros.
A Escola Livre de Teatro fica na Av. Luiz Manfrinato, 194, 2º andar, Centro. Informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo telefone (11) 4205-1871 (ramal 24).

Confira a programação dos espetáculos:

12 de julho – Quinta-⁠feira – 19h30 – “A Mente Capta”
Texto: Mauro Rasi
Adaptação: Alex Capelosa
Direção: Lucas Emanuel /⁠ Classificação: 12 anos
Sinopse: Tudo se passa no consultório da Dra. Rosa Cruz, pacientes com histórias fora do comum, mas a pergunta principal é se a dra. Rosa irá dar conta de todos esses casos. Será que ela vai captar todos os problemas de seus pacientes? Com muito humor serão abordados problemas reais do cotidiano, nos levando para um mundo exagerado e complicado.

13 de julho – Sexta-⁠feira – 19h30 -⁠ “Soltando o Verbo”
Texto: Zé Carlos de Andrade
Direção: Jennifer Alves e Cleber Monteiro /⁠ Classificação: Livre
Sinopse: Um trabalho de exercícios cênicos por meio da obra “Soltando o verbo”. Utilizando trechos que retratam o poder da palavra através de poemas, contos e cenas. O espetáculo apresenta atores e atrizes que contam sobre a importância da palavra, o surgimento da linguagem, e a variação de linguagens existentes.

14 de julho – Sábado – 19h30 -⁠ “Valsa nº 6”
Texto: Nelson Rodrigues
Direção: Stephany Herminio /⁠ Classificação: 10 anos
Sinopse: A adolescente Sônia é assassinada enquanto executa a “Valsa nº 6” de Chopin. Depois de morta, tenta montar o quebra-cabeça de suas memórias e reconstruir os acontecimentos de sua vida.

19 de julho – Quinta-⁠feira – 19h30 -⁠ “Ecos do Pensamento”
Texto: Criação Colaborativa
Direção: Talita Admertides /⁠ Classificação: 14 anos
Sinopse: Você já pensou que estivesse no lugar errado por não conseguir se adaptar ao jeito daquele lugar? Onde aquela realidade não fosse sua? Aqui é onde os Ecos dos Pensamentos podem ser livres como quiserem. Venha explorar os pensamentos e a realidade que há neles, onde cada fragmento tem sua essência.

20 de julho – Sexta-⁠feira – 19h30 – “Lisbela e o Prisioneiro”
Texto: Osmar Lins
Direção: Stephany Herminio /⁠ Classificação: 10 anos
Sinopse: Lisbela é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem, eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador que está atrás de Leléu.

21 de julho – Sábado – 19h30 – “Pode ser que seja só o leiteiro lá fora”
Texto: Caio Fernando de Abreu
Direção: Jennifer Alves /⁠ Classificação: 12 anos
Sinopse: Sete diferentes pessoas encontram uma casa abandonada e resolvem passar a noite fugindo de uma insistente chuva. Nesse pequeno período discutem sobre a vida, suas vontades e medos… A ilusão começa a tomar corpo e as verdades modificadas num borbulhar de emoções e “desemoções”. O pudor do corpo perde o sentido e fica apenas o desejo de ser o que quiser e a liberdade em ser o que se pode ser.

22 de julho – Domingo – 19h30 – “A Mente Capta”
Texto: Mauro Rasi
Direção: Cléber Monteiro /⁠ Classificação: Livre
Sinopse: Uma hilariante trama acontece dentro de um consultório médico durante uma sessão de terapia em grupo. Os pacientes tentam solucionar seus problemas psicológicos. Quem vai resolver todas as questões e colocar tudo em ordem é a misteriosa Doutora Rosa Cruz, uma “antipsiquiatra” um tanto desequilibrada.

26 de julho – Quinta-⁠feira – 19h30 – “O mundo de Adan”
Texto: Criação Colaborativa
Direção: Talita Admertides /⁠ Classificação: 10 anos
Sinopse: Adan teve uma infância tranqüila, até que a morte de seu pai lhe abre um mundo totalmente novo. O que temos tão perto de nós e tão distante ao mesmo tempo? A sensibilidade de Adan nos mostrará de forma singela e poética esse mundo.

27 de julho – Sexta-⁠feira – 19h30 -⁠ “Despertar da Primavera”
Texto: Frank Wedekind
Direção: Hélton Lima e Janaína Alves /⁠ Classificação: 12 anos
Sinopse: Um trabalho ousado em sua descrição do adolescente e da autodescoberta. A história narra a trajetória de um grupo de jovens que entre pressões na escola e na vida emocional, vão descobrindo suas paixões e seus medos. O Despertar da Primavera é uma peça que retrata como nenhuma outra a morte da inocência. A difícil passagem da adolescência para a vida adulta. A temática gira em torno de inquietações profundas que envolvem reflexões sobre vida, morte, regras e essencialmente sexualidade. É o universo de sonhos e desejos dos adolescentes versus o mundo adulto cristalizado e repressor.

“Musical com motivo” – Pocket
Versões: Janaína Alves e a turma
Direção: Janaína Alves
Sinopse: Um espetáculo de Teatro musical tem tudo para dar errado, e dá. Mas a vontade dos participantes faz com que ele aconteça mesmo assim.

28 de Julho – Sábado – 19h30 – “Na minha escuridão há poesia”
Texto: Criação Colaborativa
Direção: Hélton Lima /⁠ Classificação: 14 anos
Sinopse: Em meio a dramas vividos por diferentes mulheres, encontram-se poesias e silêncios, em meio a agressões vividas diariamente pelas personagens, em uma história não linear, o experimento apresenta diversos dramas sociais vividos por mulheres que conseguem encontrar em seu dilema, forças e esperança.

Local: Escola Livre de Teatro (Prédio da Secretaria de Cultura e Juventude) – Av. Luiz Manfrinato, 194 – Centro – Itapevi – SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *