Pin It
sexta-feira, dezembro 14, 2018
Home > Barueri > Projeto Renascer muda vida de ex-moradores de rua

Projeto Renascer muda vida de ex-moradores de rua

“Juntos, somos mais fortes!” Com esse grito de guerra são encerrados os trabalhos todos os dias no espaço conhecido como jardim botânico. Dez pessoas trabalham na área e participam do projeto Renascer, que consiste em oferecer cursos e emprego às pessoas que já estiveram em situação de rua e hoje estão acolhidas na Cáritas – Casa São Francisco de Assis. Outros cinco trabalham no canil municipal.

O Renascer é um projeto da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS), em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Barueri Estrela Guia, Cáritas e secretarias de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema) e de Serviços Municipais (SSM).

A SADS é a responsável pelo serviço de acolhimento no município. O Renascer surgiu para complementar e ampliar esse serviço. A ideia é que os ex-moradores de rua se capacitem, trabalhem e sejam verdadeiramente reinseridos na sociedade. “Eles estão produzindo e, com isso, a própria sociedade os verá como pessoas que ainda têm muito a contribuir”, diz a secretária Adriana Bueno Molina.

Os participantes fizeram cursos durante três meses de auxiliar de veterinário e pet shop e de jardinagem e há dois meses são bolsistas.

Espaço de transformação

Numa área de 28 mil metros quadrados próxima ao Parque da Maturidade, os dez bolsistas trabalham há dois meses junto à natureza e “fazendo de tudo um pouco”. João Bastos e Bruno Aguilar da Sema acompanham o projeto. Eles contam que o espaço terá trilhas, orquidário, borboletário e será aberto ao público através de visitas monitoradas para educação ambiental.

O trabalho dos “meninos” tem feito a diferença no espaço e na vida deles. Danilo Ribeiro de Melo aponta muitas mudanças: “Fiz a trilha, ajudei a quebrar casas velhas, limpar o espaço e a pintar. Estou melhorando cada dia mais. Juntos, somos mais fortes”.

Já para Hélio de Sousa Lima o trabalho é parte do tratamento. “Eu sou dependente químico e estou limpo há quatro meses. Aqui faço um pouco de tudo e ajudo bastante o pedreiro.” Há cinco meses na Cáritas, ele garante que a diferença entre o ontem e o hoje é a sua transformação.

Aos 64 anos, Osvaldo Conceição de Jesus entrou na Cáritas e um mês depois já participava do Renascer. “Aqui o ex-morador de rua tem a chance de ir avante. Na minha idade o desemprego chegou e esta foi a minha oportunidade. Estou há seis anos sem álcool, ocupando minha mente e vou trabalhar muito para que este lugar seja o cartão postal de Barueri.”

Oportunidade

Para Eli Carlos Rodrigues da Silva, monitor do Renascer, a perspectiva é que o projeto cresça e que eles continuem a ter trabalho. “Vamos perseverar através da parceria da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Cáritas e Meio Ambiente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *