Pin It
sexta-feira, novembro 16, 2018
Home > Itapevi > Concurso Novas Leituras em Família premia estudantes e professores da rede de Itapevi

Concurso Novas Leituras em Família premia estudantes e professores da rede de Itapevi

A Prefeitura de Itapevi realizou nesta quarta-feira (15) a premiação do 1º Concurso Novas Leituras em Família, promovido pela Secretaria de Educação. Foram premiadas as oito postagens mais curtidas de estudantes da rede publicadas até o dia 15 de junho na página da Prefeitura ou na fanpage da Secretaria. A premiação aconteceu no 3º andar na Secretaria da Educação, no Centro.

A aluna Anna Julia Torres Novaes da Silva, 7, do 2º ano A da Cemeb Tarsila do Amaral (Vila Aurora), foi a grande vencedora e teve o post com maior número de curtidas (2,9 mil), além de atender todas as exigências do regulamento, sendo a vencedora do concurso. Ela e sua professora, Karine Godoy, ganharam cada uma um notebook. Todas as premiações foram extensivas aos professores dos alunos premiados.

O 2º lugar foi premiado com um tablet. O 3º lugar faturou uma (1) bicicleta. Do 4º ao 8º lugar, os alunos ganharam uma cesta de chocolate, além de quatro ingressos de cinema cada um. Já os professores de 4ª a 8ª colocação ganharam cada um quatro ingressos de cinema e uma placa de agradecimento pela participação no concurso.

As três escolas com maior número de curtidas, a equipe gestora foi premiada com uma (1) cesta de chocolates. Foram elas: Cemebs Vereador Ubiratan José Chaluppe (1º Lugar – Vila Santa Flora), Professor Florestan Fernandes (2º Lugar – Jardim Rosemary) e Vereador Roberval Luiz Mendes da Silva (3º Lugar- Parque Mira Flores). Os prêmios foram obtidos com patrocinadores da iniciativa privada.

O prefeito Igor Soares elogiou a iniciativa. “Educação é prioridade em nossa gestão. A leitura é importante porque vai sedimentando o conhecimento da criança e o projeto e o concurso têm este objetivo, de coroar o hábito da leitura. A proximidade da família cria veículos e melhora no aprendizado infantil”, declarou.

Já a secretária de Educação, Eliana Maria da Cruz, destacou a importância do concurso. “Tivemos como objetivo buscar o estreitamento dos laços de afetividade entre estudantes e seus familiares. A leitura ajuda e melhora a interpretação dos textos, além de ampliar o vocabulário. Com este cenário da evolução da leitura, escrita também é aprimorada como competência”, disse.

A estudante vencedora do 1º lugar, Anna Julia Torres, ficou extasiada. “Tive muita ajuda e fiquei muito feliz com a premiação. Ler é muito gostoso e li todos os livros do projeto. Escolhi o livro da escritora Cora Coralina. Todos meus amigos me parabenizaram pela conquista. Meus pais foram importantes me ajudando com a leitura”, explicou.

A mãe de Anna, Bruna Torres de Oliveira, 27, auxiliar administrativa e moradora do Parque Suburbano, também ficou muito contente com a premiação. “Ela escolheu fazer uma foto ao ar livre. Eu e o pai dela sempre a estimulamos a ler por conta da importância que a leitura tem no aprendizado dela. A iniciativa é fundamental. Gosto muito de ler e acho que a Prefeitura trabalha com muita sensibilidade o tema”, comentou.

A professora do Cemeb Vereador Ubiratan José Chaluppe (Vila Santa Flora), Jackeline Feliciano, conquistou três prêmios com seus alunos e disse que dedicar-se à leitura é fundamental para transformar a realidade de uma pessoa. “Quando você busca compreender o significado do que lê, passa a entender e a interpretar o mundo de uma outra forma, mais construtivista e crítica em relação ao que acontece ao seu redor. É assim, estimulando a leitura que formaremos cidadãos mais reflexivos e responsáveis sobre o nosso futuro”, reforçou.

Sobre o concurso  

Iniciado no final de maio deste ano na rede municipal de ensino, o concurso teve como objetivo promover o hábito da leitura em família e incentivar os pais ou responsáveis a lerem para as crianças em casa. A ação foi destinada aos alunos do 1° ao 5° ano da rede do município.

“O projeto, além de aproximar a família da vida escolar do aluno, fortalece ainda mais os laços afetivos, reforçando o vínculo familiar, refletindo na sala de aula, formando cidadãos leitores”, explica a coordenadora pedagógica, Angelita Ribeiro, responsável pela ação.

A Secretaria de Educação de Itapevi fez um levantamento das unidades escolares por número de alunos que participaram do concurso. Ao todo, 11 Cemebs participaram da iniciativa.

Segue abaixo a relação dos oito vencedores:

Cemeb Tarsila do Amaral (Vila Aurora)

Aluno: Anna Julia Torres Novaes da Silva – 1ª Colocada (2.900 curtidas)

Responsável: Bruna Torres de Oliveira

Turma: 2ºA

Professora: Karine Godoy

 

Cemeb Vereador Ubiratan José Chaluppe (Vila Santa Flora)

Aluno: Nicolas dos Santos Durão – 2º Colocado (2.156 curtidas)

Responsável: Camila Santos e Osias Durão

Turma: 5ºA

Professora: Jackeline Feliciano

 

Cemeb Governador André Franco Montoro (Vila Dr. Cardoso)

Aluno: Gustavo Nascimento de Morais – 3º Colocado (2.120 curtidas)

Mãe: Katia Cilene do Nascimento Lima

Turma: 5°A

Professora: Ana Paula

 

Cemeb Prof. Benedicto Antônio dos Santos (Vila Dr. Cardoso)

Aluno: Luan Lima Gomes – 4º Colocado (1.759 curtidas)

Responsável: Léo Leandro Gomes Santos

Turma: 5ºB

Professora: Iara Xavier de Almeida

Cemeb Vereador Ubiratan José Chaluppe (Vila Santa Flora)

Aluna: Graziely Conceição – 5ª Colocada (1.100 curtidas)

Responsável: Susana Campos

Turma: 5°A

Professora: Jackeline Feliciano

 

Cemeb Vereador Roberval Luiz Mendes da Silva (Parque Mira Flores)

Aluna: Heloisa Oliveira Frade – 6ª Colocada (1.000 curtidas)

Mãe: Joyce Kelly dos Santos Oliveira

Turma: 2ºC

Professora: Rita Fernandes

 

Cemeb Professora Magali Trevisan Proença de Almeida (Chácara Santa Cecília)

Aluno: Júlio César Pereira da Rocha – 7º Colocado (826 curtidas)

Responsável: Anacleide Pereira da Rocha

Turma: 4°D

Professora: Norma Lúcia Martins Lira

 

Cemeb Vereador Ubiratan José Chaluppe (Vila Santa Flora)

Aluno: João Gustavo da Silva Oliveira – 8º Colocado (750 curtidas)

Responsável: Ironeide P. da Silva Oliveira

Turma: 5°A

Professora: Jackeline Feliciano

Como funcionou o concurso

Os pais e crianças que tiveram interesse em participar do concurso publicaram uma foto da família lendo um dos livros do programa em sua página no Facebook até o dia 15 de junho e marcaram a publicação na página da Prefeitura ou da Secretaria de Educação.

A postagem deveria conter ainda o nome completo do aluno ou responsável legal, o nome da escola, da turma e do professor, com título da foto e um texto de até 140 caracteres descrevendo a experiência.

As oito postagens mais curtidas receberam prêmios. O aluno com o maior número de curtidas no post e que atendeu todas as exigências do regulamento foi o vencedor do concurso. A premiação também foi extensiva ao professor do aluno.

A equipe de Comunicação da Secretaria de Educação da Prefeitura ficou responsável pela análise do material enviado e avaliação. A foto deveria ser inédita, digitais ou escaneadas, podendo ser realizada por meio de câmera fotográfica ou celular.

Projeto Novas Leituras

O concurso foi criado a partir da implantação do Projeto Novas Leituras, em março deste ano. O Novas Leituras é um projeto pioneiro no município, composto por kits com cinco livros que estão sendo usados como suporte no processo de alfabetização e desenvolvimento intelectual do estudante ao longo do período letivo.

Destinado a alunos do 1º ao 5º ano, o programa beneficia cerca de 22 mil estudantes.

Um dos focos do projeto é favorecer o estímulo da leitura no ambiente familiar, propiciando o estreitamento das relações dentro desse contexto, construindo uma experiência prazerosa, voltada ao hábito de ler em família.

As obras são lidas e trabalhadas em sala de aula e também em atividades orientadas em casa. “O diálogo e a interpretação crítica das histórias ajudam a aperfeiçoar o vocabulário e repertório da criança, além de estreitar os laços de comunicação e afetividade com os familiares”, diz Célia Regina Lara, diretora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Itapevi.

Estão envolvidos no projeto 360 professores capacitados para aplicar metodologias associadas ao poder de reconstruir e de representar situações, para estimular a leitura e produção da linguagem, além de ampliar e diversificar o campo de possibilidades de experiências nas diversas situações de aprendizagem.

Cada kit de leitura contém cinco livros de diferentes autores e gêneros, adequados a faixa etária e nível de escolaridade de cada aluno. As obras foram avaliadas por profissionais do NAP (Núcleo de Apoio Pedagógico), da Supervisão de Ensino e do GAI (Grupo de Apoio à Inclusão) de Itapevi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *