Pin It
segunda-feira, fevereiro 18, 2019
Home > Barueri > Barueri está entre os municípios que mais investem na saúde

Barueri está entre os municípios que mais investem na saúde

Barueri está entre as cidades brasileiras que mais investem em ações e serviços públicos de saúde per capita com recursos próprios. A média de investimento da cidade no setor é de R$ 2.355,77 por habitante. A informação está no levantamento do Conselho Federal de Medicina, publicado na segunda-feira (dia 21), que analisa dados do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops).

 

No ranking geral, o município aparece em 4º lugar, mas lidera na região oeste da Grande São Paulo e fica em 2º lugar no Estado de São Paulo entre as cidades com mais de 100 mil habitantes. A posição de destaque fica ainda mais evidente considerando-se que as cidades que estão à frente são bem menores em termos populacionais.

 

Barueri tem uma população estimada de 270 mil habitantes. Em termos comparativos, a cidade de Borá (SP), que ocupa o primeiro lugar no ranking geral, possui apenas 836 habitantes; já a cidade mineira de Serra da Saudade – considerada a menor do país, com população estimada em 786 habitantes – ficou em segundo lugar; em terceiro vem Paulínia (SP), com cerca de 102.500 habitantes.

 

O prefeito de Barueri Rubens Furlan tem priorizado a saúde da cidade e relembra a situação em que o setor estava há dois anos. “Saúde é todos os dias, eu cuido da saúde e por isso hoje ela está infinitamente melhor do que estava.” Furlan frisa que esse é um trabalho constante e cheio de desafios, portanto, as melhorias estão em curso, já que as metas são ambiciosas. “Eu quero que a pessoa que marca um exame ou uma consulta seja atendida em até 30 dias, não importa quanto seja a demanda, nós temos que ir avançando.”

 

Mais do que a Lei determina

Os investimentos de Barueri com a Saúde saltam ainda mais aos olhos quando comparados à média nacional, que foi de apenas R$ 403,37. E para 2019 Barueri continuará investindo pesado na Saúde. De acordo com o Orçamento aprovado na Câmara, a cidade vai investir mais de R$ 700 milhões, equivalentes a 22% da arrecadação, ou seja, mais do que o valor mínimo de 15% exigido pela legislação federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *