Pin It
quarta-feira, abril 24, 2019
Home > Barueri > Estudantes do Jardim Paulista montam equipamentos que incentivam a leitura e a oralidade 

Estudantes do Jardim Paulista montam equipamentos que incentivam a leitura e a oralidade 

As turmas dos 5ºs anos da Emef Onofra da Silva, do Jardim Paulista, estão aperfeiçoando a leitura e a oralidade por intermédio de instrumentos especiais montados pelos próprios estudantes. 

Os professores Edson Ferreira da Silva e Márcia Mangels Francisco estão incentivando os alunos a participarem de uma jornada de conhecimento por intermédio do uso das tecnologias.  

Após uma série de estudos e pesquisas, os jovens inventores participaram da I Oficina de Criação, oportunidade em que apresentaram aos pais e à comunidade escolar as novas invenções denominadas “Sussurrofone” e “Ao Pé do Ouvido”, instrumentos montados a partir de materiais reciclados. Os equipamentos estão sendo utilizados para melhorar a leitura, oralidade, compreensão de texto e interação social. 

A professora Márcia Francisco ficou feliz com o sucesso da oficina. “Momentos assim são muito importantes, pois a parceria família-escola propicia um aprendizado ainda maior junto aos seus pares, compartilhando as informações e práticas”. 

  

Para o professor Edson Ferreira, o projeto é arrojado e muito atual, e a construção desses dois aparelhos fazem diferença no aprendizado e no aperfeiçoamento de leitura e escrita dos alunos. 

 

Bárbara Matias, mãe da aluna Ana Clara Matias, do 5º ano D, ficou surpresa com o resultado do trabalho. “Participar desse momento foi muito bom, pois assim há interação entre pais e filhos na escola. Também foi positivo por obter informação sobre outro tipo de tecnologia além dos celulares, tablets e outros”. 

 

Segundo a coordenadora Ana Flávia o projeto foi motivo de muito orgulho. “O desenvolvimento das aprendizagens dos alunos vem evoluindo de forma significativa e o envolvimento deles no projeto tem grande parcela de contribuição nessa evolução”.  

A supervisora Tatiana Dias também elogiou a inciativa. “Esse projeto possibilita às crianças compreenderem que a tecnologia vai desde o uso de uma caneta até os Chrome Books e smartphones, ou seja, a tecnologia é criar ferramentas para facilitar nossa vida nos mais diversos aspectos”. 

A diretora Vera Lúcia de Oliveira Santos disse que incentivar o uso das novas metodologias e tecnologias, ofertando estratégias diferenciadas e eficientes, aproxima e fortalece os laços familiares. “É satisfatório fazer parte do quadro da educação de um município que tem uma visão tão avançada, inteligente e inclusiva, proporcionando aos alunos, professores e gestores uma Educação de Qualidade como ocorre em Barueri”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *