Pin It
quarta-feira, setembro 18, 2019
Home > Barueri > “Cuide bem da sua voz” é tema de campanha realizada por fonoaudiólogas de Barueri 

“Cuide bem da sua voz” é tema de campanha realizada por fonoaudiólogas de Barueri 

Voz é expressão, personalidade e, acredite, saúde! Você sabia que alterações na voz podem indicar patologias, algumas até sérias, como o câncer de laringe? 

 

As fonoaudiólogas da Coordenadoria de Atenção Básica à Saúde (Cabs) de Barueri realizaram várias ações dentro das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) durante os dias 24 e 25 de abril para lembrar a todos que a voz também precisa de cuidados. A iniciativa foi inspirada no Dia Mundial da Voz, celebrado no último dia 14. 

 

Este ano a ação foi regionalizada, concentrando-se em três UBSsa Pedro Izzo, no Jardim Esperança, a Maria Francisca de Melo, no Parque Viana, e a Armando Gonçalves de Freitas, no Parque Imperial. “Cuide bem da sua voz” foi o tema de 2019. 

 

Abordamos o funcionamento da voz e suas principais alteraçõesRouquidão, cansaço ou outras alterações vocais podem esconder problemas mais graves. Para prevenir temos que cuidar“, alerta a fonoaudióloga Cristiane de Araújo, que atende na UBS do Parque Viana.  

 

De acordo com a fonoaudióloga da UBS Pedro Izzo, Márcia Regina Gotelipe Francklim, a data é importante para conscientizar a população sobre o problema. “A ênfase é detectar problemas relacionados à voz, principalmente o câncer de laringe, ainda no início”, diz Márcia, que ressalta: “a rouquidão é apenas um sintoma. Uma rouquidão que ultrapassa os 15 dias tem que procurar um otorrinolaringologista ou um fonoaudiólogo porque ela pode ter várias origens: desde um cisto, um nódulo, um pólipo, outras patologias na laringe e até o câncer de corda vocal, que geralmente está mais relacionado a pessoas que fumam e bebem”, detalha Márcia. 

 

Prevenção 

Há medidas que devem ser adotadas para prevenir doenças na voz, especialmente aos profissionais da voz. Dentre elas as fonoaudiólogas da rede destacam tomar bastante água, mas evitar bebidas geladas, gritar e ficar desprotegido em épocas frio; também é indicado falar o menos possível quando estiver resfriado ou com gripe.  

 

A gente falou da importância do cuidado com a voz, fizemos exercícios de respiração, de percepção corporal, porque pessoas que são muito tensas e não respiram direito acabam jogando essa tensão para a região do pescoço, dos ombros, são pessoas que têm muita dor nessa região e consequentemente acabam tendo mais facilidade de perder a voz”, explica Márcia 

 

Durante a campanha os pacientes também receberam água e maçãs à vontade, já que a fruta traz relaxamento às cordas vocais. Também foram distribuídos materiais informativos.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *