Pin It
domingo, junho 16, 2019
Home > Barueri > Certificação qualifica ainda mais gestão do Ipresb 

Certificação qualifica ainda mais gestão do Ipresb 

Mais uma boa notícia para os segurados no Ipresb (Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Barueri). Além da construção da nova sede, a entidade conquistou uma importante certificação que comprova seu compromisso com a transparência e a segurança. 

 
Ipresb aderiu ao “Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios” – Pró-Gestão RPPS. Instituída pelo Ministério da Previdência Social, a certificação reconhece a excelência da gestão aplicada no Ipresb pelos seus administradores, visando melhorar a qualidade da transparência dos regimes próprios.  
 
“Foi feito um diagnóstico de como estava a situação do Instituto, analisamos o que já estava de acordo com as exigências e o que precisava ser alterado. Os diretores foram implementando as ações e as informações foram repassadas para a certificadora”, explica a procuradora previdenciária do Ipresb, Isabela Giosa Sanino. 

 

Mais transparência  
Com o Pró-Gestão todas as informações foram consolidadas e estruturadas para garantir ainda mais transparência ao segurado. O servidor pode acompanhar todas as ações pelo site www.ipresb.gov.com.br.   

  

Além da transparência e da melhoria operacional, outro benefício foi na área de investimentos. A resolução 4.692de 2018, do Conselho Monetário Nacional alterou os percentuais definidos pela resolução 3.922 de 2010, permitindo que, dependendo do nível da certificação, a entidade tenha acesso a um percentual maior de aplicação em determinados tipos de investimentos.   

 

“A resolução 3.922 determina que institutos de previdência apliquem, no máximo, 30% do seu patrimônio em determinado tipo de fundo de ação. Alguém que se certifica no Nível I poderá aplicar até 35%. O Ipresb se certificou no Nível II e poderá aplicar até 40%”, frisou Lucas Silva Viana, controlador interno. 

  

adesão ao Pró-Gestão, que passou a exigir a certificação para manter a qualidade de investidor profissional, permite que o instituto participe de investimentos mais rentáveis. Isso reflete também para o segurado, já que permite que a gestão de investimentos consiga resultados melhores de rentabilidade.  

  

“A certificação veio para reconhecer as boas práticas e trouxe principalmente transparência, segurança e bons resultados em termos de governança, sempre buscando melhorar a gestão para o segurado”, classifica o presidente do Ipresb, Tatuo Okamoto. Ele ressaltou ainda que “nos últimos anos, o Instituto vem atingindo a meta atuarial; vem, também, sendo superavitário na execução do orçamento, fazendo o patrimônio da autarquia aumentar regularmente”.  

 

Dos 164 regimes próprios que fizeram adesão ao programa, o Ipresb foi o 21º a alcançar a certificação. Além disso, o Instituto foi o quarto RPPS a conseguir a certificação no menor prazo entre a data da adesão e a da certificação (aproximadamente 5 meses). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *