Pin It
sábado, outubro 19, 2019
Home > Barueri > Barueri ultrapassa meta de cura da tuberculose e recebe novo prêmio

Barueri ultrapassa meta de cura da tuberculose e recebe novo prêmio

Mais uma vez a cidade de Barueri recebe o Prêmio “Qualidade nas Ações de Controle da Tuberculose”. O município apresentou índice de cura de 88% dos casos diagnosticados em 2018. A premiação, entregue no dia 23 de setembro durante o Fórum Estadual de Tuberculose, realizado em São Paulo, foi dedicada às cidades que atingiram meta de cura de 85%. No geral, 29 municípios foram agraciados.

 

“A premiação é um reconhecimento do trabalho e dedicação de toda uma equipe que faz as ações planejadas serem concretizadas e com bons resultados. É um trabalho difícil, mas temos profissionais bem envolvidos nessa luta”, declarou Fabiana Aparecida dos Santos, responsável pelo Programa da Tuberculose em Barueri.

 

Durante o evento foi apresentada a situação atual da tuberculose no Brasil e em São Paulo, bem como os desafios para o controle da doença e suas perspectivas científicas.

 

O desempenho de Barueri no tratamento da tuberculose tem rendido prêmios consecutivos desde 2017. Este ano mesmo, em março, a Secretaria de Saúde foi reconhecida pelo trabalho de buscas ativas à doença, com prêmio entregue durante o Fórum do Dia Mundial da Tuberculose, também realizado na capital paulista.

 

Cuidado ininterrupto

Hoje há 78 pessoas passando por tratamento contra a doença no município. No dia 23 encerrou-se a Campanha de Busca Ativa por Sintomáticos Respiratórios de Tuberculose, em curso desde o dia 9, na qual foram intensificadas as ações para identificação de pacientes portadores dessa doença infecciosa. Além de conscientizar sobre os sintomas e impeli-las a buscar as unidades de saúde para realização do exame de escarro, as equipes também vão até as casas.

 

Barueri possui equipe de atendimento à tuberculose em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), laboratório próprio e até o aparelho GeneXpert, que permite o teste rápido, emitindo diagnóstico laboratorial da doença em apenas duas horas. Com alta sensibilidade, o equipamento indica se o paciente possui resistência ao tratamento e diminui as chances de um laudo falso negativo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *